sábado, abril 01, 2006

José Gonçalves Venâncio (1927 - 2006)


O espaço e o chão históricos fazem parte da Identidade do País. São invioláveis e inalienáveis. Em suma: são sagrados!

(José Gonçalves Venâncio, in "Esgueira - Pedradas no charco")



(Imagem retirada de "O Templário")


Digno Lutador pelas suas causas a favor do Património socio-cultural de Esgueira (Aveiro) e da sua Freguesia de nascença: Paialvo (Tomar).

Nunca desistiu de combater as ilegalidades construídas no Centro Histórico de Esgueira, nem nunca desistiu de defender a revitalização deste.


Em Paialvo, ganhou a causa pela construção de uma escola primária inaugurada em 1985.

Fundou a Associação de Cultura e Recreio “Os Bravos” de Delongo, freguesia de Paialvo.

A preservação do Sítio dos Santos Mártires - local situado na freguesia referida -, onde terá existido um culto religioso anterior ao Cristianismo, foi uma das suas maiores batalhas.

Autodidacta. Era contador de estórias e autor de obras e crónicas em prol de Esgueira e Paialvo.
Entre as quais consta "Esgueira Aldeia Medieva", um livro que conta o Passado desta povoação.

Até sempre:
Que os Deuses te levem para o repouso dos combatentes...





sexta-feira, fevereiro 17, 2006

PortuGaliza em encontro internacional da Irlanda

Pela segunda vez, Portugal e Galiza participam, em conjunto, na III Semana Internacional das Culturas, na Irlanda, pela promoção daquilo que nos une, afirmando também que a existência de fronteiras é apenas um mero risco no mapa, no que toca pelo menos ao aspecto cultural.

De 20 a 24 de Fevereiro, a Galiza e Portugal vam estar presentes na «III Semana Internacional das Culturas» a se celebrar na cidade irlandesa de Cork. Por terceiro ano consecutivo a Galiza estará representada na Semana Internacional das Culturas, evento organizado pela University College Cork (Irlanda). Na sua primeira ediçom, em 2004, a Galiza foi a única naçom ibérica a participar, mas no ano passado uniram-se também representaçons dos Países Cataláns e de Portugal.

Neste ano pretende-se reforçar o conceito da continuidade linguística e cultural da «PortuGaliza» e dar a conhecer os contributos feitos nesta direcçom pola Associaçom Galega da Língua durante os últimos 25 anos.

Mais uma vez os postos galego e português estám de maos dadas, oferecendo ao visitante informaçons sobre cada um dos países e sobre a sua peculiar e íntima relaçom.

Como se pode ver, as vontades Luso-Galaicas não esmorecem perante as constantes tentativas centralistas de separar definitivamente uma Cultura que há tempos e tempos luta por uma justa reintegração.

sábado, fevereiro 11, 2006

A Ria de Aveiro como motivo artístico

Valentim Cruz, o pintor daltónico, expõe, no corrente mês, no centro de Esgueira, pinturas de sua autoria tendo como principal tema a Ria.



As zonas ribeirinhas dos concelhos de Aveiro e da Murtosa - incluindo a Torreira - estão lá representadas.

Todas as pinturas a óleo e a tinta da china em exposição estão destinadas a venda, o mesmo acontecendo quando esta terminar.

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Almeida Garrett demolido?

A casa onde viveu o nosso grande escritor irá ser demolida.
Esta situada em Lisboa é, além de tudo, de interesse nacional!


Image hosted by TinyPic.com


Ignora-se quem lá viveu, ignora-se aquilo que fez quem lá viveu...

A Câmara Municipal de Lisboa já autorizou a sua demolição.

No seu lugar irá ser contruído um prédio de 5 pisos com apartamentos de luxo e uma garagem.

Curiosamente - ou talvez não - a casa de Almeida Garrett é pertença do actual ministro da Economia, Manuel Pinho, o qual já teve a autorização para demolir este Património.

Mais uma vez, os interesses imobiliários sobrepõem-se aos interesses públicos.


Image hosted by TinyPic.com


Não existem fundos - diz-se. Há dinheiro para tudo. Estádios. Menos para a Cultura...

A memória de um dos grandes investigadores do Folclore Português irá ser destruída.


SALVEM A CASA DE ALMEIDA GARRETT !

quarta-feira, dezembro 07, 2005

Castros do Noroeste Peninsular: Candidatura a Património Mundial

Num outro artigo deste blogue, já tinha citado a Candidatura dos Castros do Noroeste da Penínunsula Ibérica a Património Mundial.

Desta vez, venho-vos dizer que o caminho para a sua classificação está cada vez mais curto. A nossa Ancestralidade está cada vez mais próxima de ser uma das referências a nível mundial a ter em nota!

Apesar deste próximo artigo já não ser uma notícia, é sempre de salutar algo de importante que envolve a nossa Herança:

"Os vestígios da cultura castreja presentes no Noroeste da Península Ibérica poderão vir a ser classificados como património da humanidade. Uma candidatura conjunta do Norte de Portugal e da Galiza está a ser preparada, embora do lado galego os trabalhos estejam mais avançados, na medida em que existe um maior número de estruturas arqueológicas visitáveis. Uma forma de potenciar o turismo cultural de uma forma articulada nos dois lados da fronteira"

Diário de Notícias, 30/08/2005

Esta candidatura tem, por exemplo, a importante colaboração da Casa de Sarmento, da Universidade do Minho "Centro de Estudos do Património".

Terei de destacar, mais uma vez, o Castro de Romariz, em Santa Maria da Feira e a Estação Arqueológica de Cabeço do Vouga, em Águeda, ambas no Distrito de Aveiro.


A Estação Arqueológica do Cabeço do Vouga

Image hosted by TinyPic.com



O Castro de Romariz

Image hosted by TinyPic.com

(clicar nas imagens)

sábado, novembro 26, 2005

Portugal e Galiza fora da UNESCO

É com grande desilusão - mas de espírito erguido! - que vos anuncio que a Candidatura da Cultura Imaterial Galego-Portuguesa a Património da Humanidade foi rejeitada.

Image hosted by TinyPic.com

Em questão estava a proclamação da Nossa Língua Comum e do Nosso Folclore: Lendas e Contos, Música, Dança, Medicina Popular, Gastronomia, os Antigos Ofícios, Rituais e as Festas - entre outros.

Muito trabalho ainda há a fazer para que esta Herança seja reconhecida também a nível Nacional.

Qualquer das formas, um forte agradecimento a todos os que se empenharam e principalmente a aqueles que, desinteressadamente, vão continuar a fazê-lo!

Viva a Galiza!

Viva Portugal!

sábado, novembro 19, 2005

Pelos trilhos Galego-Portugueses: "O Caminho Português de Santiago"

Promovido pelo Centro Nacional de Cultura, foi lançado o livro

"O Caminho Português de Santiago"

de Lourenço de Almeida com a colaboração, na fotografia, de António Homem Cardoso, um dos mais conhecidos e prestigiados fotógrafos portugueses.

Image hosted by TinyPic.com

Os Caminhos Galego-Portugueses de Santiago são uma prova viva da união cultural entre Portugal e Galiza.
Para além da componente religiosa, estes roteiros são, em grande parte, um importante meio para se disfrutar a paisagem, os monumentos, a gastronomia - e muito mais - que envolve os dois lados da raia.

Mais um grande motivo para se conhecer a Galiza!

A visitar:
Lucerna, O Caminho Português de Santiago
Centro Nacional de Cultura

quinta-feira, novembro 17, 2005

Pela Defesa do Património Nacional!: Actualizações em breve...

Em breve, este blogue será preenchido com novos textos, todos eles dedicados à Cultura e ao Património de Aveiro, de Portugal e da Galiza.

Saúde e Vitória!

sábado, setembro 24, 2005

PortuGalego: Petição ao Parlamento Europeu pela Unidade da Língua

sexta-feira, setembro 23, 2005

Arouca - Feira das Colheitas até Domingo

Anadia - 200 mil euros de prejuízo na aldeia de Corgo de Baixo

Aveiro - Reviver o passado no Canal Central

sexta-feira, setembro 16, 2005

Portugal e Galiza (quase) Património Mundial!!!

Águeda - Festa do Leitão recebeu 20 mil

Distrito de Aveiro - Poder Central criticado por não investir na Pateira

Aveiro - Bombeiros Velhos debatem-se com dificuldades financeiras

quinta-feira, setembro 08, 2005

Gripe das Aves: Três espaços Naturais em risco

Ria de Aveiro entre as zonas de maior risco de contaminação

A Ria de Aveiro é uma das zonas em Portugal que oferecem maio risco de contaminação do vírus da gripe das aves e o bastonário dos Médicos Veterinários defende uma vigilância permanente

Diário de Aveiro, 8/09/2005


A Ria de Aveiro, os Estuários do Tejo e do Sado, e a albufeira do Alqueva estarão em risco de contaminação?

Depois da seca em Aveiro, um dos mais preciosos espaços Naturais desta região e de Portugal, que é a Ria, e neste caso a água que nela está - ainda - presente poderá ser contaminada.

Estará a ser feita alguma coisa para evitar tal catástrofe? Não estou a ver nada.

Espero que não chegue um dia em que eu diga: "No meu tempo... ainda se podia visitar as maravilhas da nossa Ria de Aveiro..."

quinta-feira, setembro 01, 2005

Touradas: Um Humanismo possível

Na Califórnia norte-americana, as Touradas - de origem açoriana - são praticadas de uma forma mais humana sem derramamento de sangue. Isto de que forma?

A partir da colocação de uma almofada de velcro no cachaço do Touro onde as bandarilhas lá são espetadas sem hipótese de perfurar a pele do animal.

Ora vejam o artigo original do The New York Times: "In California Bullfights, the Final Deed Is Done With Velcro" por Patricia Leigh Brown, ou então, em português, no Diário de Trás-os-Montes: "Bandarilhas no Velcro".

Porque não implementar o mesmo em Portugal?

O meio-termo seria uma alternativa à falta de Humanismo perante o Touro e também perante às constantes manifestações anti-touradas.

Porque não?

sexta-feira, agosto 19, 2005

Uma frase sábia de um incendiário

No programa Opinião Pública da SIC Notícias, enquanto se discutia o grave problema das megalomanias do betão no Algarve, ou seja, os seus problemas urbanísticos, um sujeito de Vilamoura, aproveitando o seu "tempo de antena", proferiu as seguintes sábias palavras:

"Se houvesse mais campos de golfe, existiam menos pinheiros e assim haviam menos fogos"

Aqui está mais uma afirmação de uma pessoa que se interessa pela defesa do bem Público e que, felizmente, não está agarrada a qualquer interesse...

domingo, agosto 14, 2005

Batalha de Aljubarrota: 14 de Agosto de 1385 - 620 anos

A Batalha pela afirmação da Nossa Identidade

Image hosted by TinyPic.com

Uma especial Saudação a todos os Galegos que sempre lutam e lutaram pela preservação da sua Identidade no toca, principalmente, à luta pela sobrevivência do Galego-Português.
E claro, não poderia deixar de ser, a todos os bombeiros que lutam e a todos os que pereceram perante o Poder das chamas.


Free Guestmap from Bravenet.com Free Guestmap from Bravenet.com
Free Guestbook from Bravenet.com Free Guestbook from Bravenet.com